terça-feira, 7 de março de 2017

Tricerátopo

TRICERÁTOPO


                  O Tricerátopo foi um tipo de dinossauro herbívoro e quadrúpede que viveu no fim do período Cretáceo. Durante o Maastrichtiano, principalmente na região que é hoje a América do Norte.

                  Nome cientifico: Triceratops

                  Classificação superior: Triceratopsini

                  Estado de Conservação: Extinta

                         
O Triceratops era um dinossauro do grupo dos ceratopsídeos que viveu há aproximadamente 66 milhões de anos atrás, os quais possuíam a cabeça grande e extremamente forte as maxilas laterais tinham bochechas musculosas, muitos dentes bastante afiados, bico curvado com o qual provavelmente arrancava as plantas duras, uma prolongação do crânio maciça que servia como escudo para proteção de eventuais ataques de predadores e combates entre machos e três chifres, sendo dois grandes acima dos olhos e um pequeno na ponta do nariz. Os Triceratops provavelmente vivessem em enormes bandos, os quais possuíam uma escala hierárquica com machos disputando posições e direitos de acasalamento, porém em situações de ataque de algum predador, acredita-se que se juntavam de forma defensiva contra o predador, formando uma parede de escudos e chifres contra o oponente, com os filhotes fracos e doentes no interior dessa muralha defensiva e dessa forma acredita-se que se defendiam contra o seu maior predador, o Tiranossauro rex.




DADOS IMPORTANTES



                      Peso: Cerca de 6 toneladas

                      Local onde viveu: América do Norte

                      Tamanho: 10 metros de comprimento 

                      Alimentação: Plantas e frutas

                      Época em que viveu: viveu no fim do período Cretáceo  



segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Estegossauro

ESTEGOSSAURO

                     O  Estegossauro foi uma espécie de dinossauro herbívoro e quadrúpede que viveu no fim do período Jurássico principalmente na América do Norte.

                Nome científico: Stegossaurus

                Classificação Superior: Stegosaurinae

                Estado de conservação: Extinta

Os Estegossauros possuíam Dupla fileira de placas ósseas nas costas, que atingiram cerca de 80 centímetros de altura. Estas placas tinham como objetivo principal fazer a regulação da temperatura corporal do Estegossauro. Quando este dinossauro precisava aquecer o corpo, bastava ficar ao sol que estas placas absorviam o calor. já na sombra, tinha o efeito contrário. Na parte final da cauda do Estegossauro havia 4 grande espinhos. Estes serviam para proteger o Estegossauro em caso de ataque. ao balançar a cauda, estes espinhos se transformavam numa arma mortal. O Alossauro era o principal prendador do Estegossauro. Cujo o nome significa lagarto telhado. Telhado em função das placas em suas costas que se assemelhavam as telhas de casas. O cérebro do Estegossauro era um dos menores entre os dinossauros que viveram na Terra.                                                                                                                                                                                      

 DADOS  IMPORTANTES


                         Comprimento: cerca de 9 metros de comprimento

                         Altura: cerca de 4 metros de altura

                         Peso: de 2 a 4 toneladas

                         Velocidade: de 5 a 15 km/h

                         Onde Viveram: viveu principalmente na América do Norte

                         Época em que viveu: viveu no fim do período jurássico 


quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Mosassauro

MOSASSAURO


               Os Mosassauros foram os répteis pré-históricos da família Mosasauridae que eram os principais predadores dos oceanos do final do Cretáceo.

               Nome Científico: Mosasauridae

               Classificação Superior: Mosasauroidea              

               Estado de Conservação: Extinta                                                                                                

O Mosassauro lagarto do rio Mosa é um extinto réptil aquático que media de 15 a 18 m de comprimento e pesava até 5 toneladas. Entre 70 e 66 milhões de anos atrás. Possuía membros modificados e nadadeiras, um corpo robusto e uma mandíbula poderosa. Sua cauda forte, movimentada lateralmente provia grande impulso. Sua visão binocular era fraca, assim como seu olfato.                                




   DADOS IMPORTANTES

                     
                      Alimento: carne
                
                      Comprimento: 15 a 18 m

                      Peso: pesava até 5 toneladas

                      Época em que viveu: final do período Cretáceo 

                       

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Dilofossauro


DILOFOSSAURO

              O Dilofossauro foi uma espécie de dinossauro carnívoro e bípede que viveu durante o período Jurássico. Media em torno de 6 metros de comprimento, 2 metros de altura e pesava em cerca de 500 quilogramas.

              Nome Científico: Dilophossaurus

              Classificação Superior: Dilophosauridae

              Estado de conservação:  Extinta

O Dilofossauro cujo o nome significa lagarto de duas cristas foi descoberto em 1942 no norte do Arizona, EUA. Foi um dos primeiros grandes terópodes, com suas fortes pernas, braços e longa cauda. Sua boca com dentes afiados e finos, ele logo foi identificado como carnívoro. Viveu aproximadamente 208 milhões de anos atras. Ele talvez usasse as grandes mãos para rasgar a presa. Não se sabe ao certo para que serviam as cristas do Dilofossauro. Alguns cientistas acreditam que eram enfeites para impressionar as fêmeas.



DADOS IMPORTANTES


                      Tamanho: 6 metros de comprimento e 2 metros de altura

                      Peso: pesava em cerca de 500 quilogramas

                      Local onde viveu: América do Norte

                      Época em que viveu: viveu durante o período Jurássico

                      Alimento: carne   

                      


segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Pteranodonte

                                               
PTERANODONTE
  

            O Pteranodonte foi um réptil pré-histórico voador da ordem Pterosauria, que viveu no fim do período cretáceo, na região da atual América do Norte. Foi um dos maiores pterossauros que existiram, com cerca de 7,5 m de envergadura.

            Nome Cientifico: Pteranodon

            Classificação superior: Pteranodontinae

            Estado de conservação: Extinta

                                  

DADOS IMPORTANTES


        Significado do nome: Asa Desdentada

        Alimento: Carnívoro, Comia principalmente peixes

        Peso: 30 quilos

        Altura: 7,5 m de envergadura e 2 m de altura

        Onde viveu: América do Norte

        Quando viveu: no fim do período cretáceo 

        
       

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Galimimo


 GALIMIMO



             O Galimimo foi uma espécie de dinossauro onívoro e bípede que viveu durante o período Cretáceo Superior. Media entorno de 6 metros de comprimento, 3 metros de altura e pesava cerca de 150 quilogramas. O Galimimo viveu na Ásia e foi encontrado na Mongólia.

             Nome Científico: Gallimimus

             Classificação Superior: Ornithomimidae

             Estado de conservação: Extinta
                                                                                                                                                                   
O Galimimo cujo o nome significa imitação de ave, devido ao formato do seu corpo, e corria como um avestruz. Por não possuir dentes deveria comer plantas, insetos e pequenos mamíferos. A velocidade desse animal é estipulada através de suas pegadas, com a distâncias entre elas e com a profundidade delas estima-se que esse dinossauro poderia atingir enormes velocidades, pouco mais de 60 Km/h. 

                   

DADOS IMPORTANTES



                      Peso: Pesava em cerca de 150 quilogramas

                      Altura: 3 metros de altura

                      Comprimento: Media em torno de 6 metros de comprimento

                      Alimentação: Carne e plantas 

                      Período em que viveu: Cretáceo Superior

                      Local onde viveu: Ásia

                      




sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Oviraptor


OVIRAPTOR

                O Oviraptor foi um dinossauro onívoro e bípede que viveu durante o período Cretáceo. Media em torno de 2 metros de comprimento, 1 metro de altura e pesava em torno de 35 quilogramas

                Nome cientifico: Oviraptor

                Classificação Superior: Oviraptorinae

                 Estado de conservação: Extinta
               
O Oviraptor cujo o nome significa ladrão de ovos, viveu de 144 à 66 milhões de anos atrás provavelmente era um especialista em abrir os grandes ovos de  outros dinossauros, tinham as mandíbulas fortes, que terminava num bico largo e desdentado. As mãos do oviraptor tinham três dedos com garras curvadas e os pés possuíam quatro dedos, sendo que o dedão era minúsculo. Os dois dentículos pontudos no céu da boca, com os quais abriam e comia os ovos que roubava.




             DADOS IMPORTANTES                   


                      Peso: Pesava em torno de 35 quilogramas

                      Altura: 1 metro de altura

                      Local onde viveu: Leste da Ásia

                      Comprimento: 2 metros de comprimento

                      Alimentação: onívoro

                      Período em que viveu: Viveu durante o período Cretáceo